1 Comentário em 21 - outubro - 2010

A  abertura do Mês da Consciência Negra, na quarta feira 20 de outubro, foi um sucesso!

A conferência “Educação das Relações Étnico-raciais: desdobramentos pedagógicos das Leis 10.639/2003 e 11.645/2008” com os representantes do Ministério da Educação, John Land Carth e Antônio Mario Ferreira. Também fizeram suas contribuições o Prof. Dr. Pe. Marcelo Aquino – reitor da Unisinos, o Prof. Dr. Pe. José Ivo Follmann – vice reitor da Unisinos, a Prof. Ms. Miriam Dazzi – coordenadora da Formação Docente, o Prof. Waldemar Pernambuco Moura Lima, e a Prof. Ms. Adevanir Pinheiro – coordenadora do Neabi/Unisinos – fez a coordenação da mesa.

Quem participou pôde conferir o Mestre de Cerimônias, Prof. Ms Jorge Teixeira, a Prof. Elisabeth Natel prestando homenagens, a estudante Ângela que cantou “O canto das três raças” e o Grupo Cidadania recepcionando os presentes.

Estudantes, professores e representantes da comunidade puderam discutir junto aos representantes do MEC os questões sobre a legislação vigente, sobre a aplicação da Lei nas escolas e sobre o decorrente racismo institucional.

Para John Carth “A sala de aula é uma sociedade simbólica e, o professor ensina a sociedade como ela é. (…)  Toda vez que o professor se omite, ele ensina que a sociedade é assim.”

Confira algumas fotos da conferência.

Mas a programação está apenas começando, fique atento!

categorias: Sem categoria

1 resposta

  1. Kelly Lima disse:

    O diálogo é a base para a construção efetiva das relações étnico-raciais e vivenciar momentos como este na UNIVERSIDADE é resgatar a história não
    contada (ou melhor distorcida) de todo um povo afrobrasileiro. Parabéns a Equipe do NEABI pelo belo evento. E um ótimo Mês da Consciência Negra para toda Universidade e a Comunidade do Vale dos Sinos.

Deixe uma resposta