Foto: Reprodução

Acredita-se que o atual sistema precisa ser repensado e refundado, pois é possível descobrir outros motivos e meios dignos, interessantes e atraentes para viver do que apenas buscar o lucro. Espera-se que, no mínimo, possa-se alertar para as evidências de que algo não está de acordo na Terra e que as atividades precisam ser pensadas sob uma ótica de sustentabilidade. Pois, o abuso do Planeta atingiu uma escala que supera, em muito, as forças autorreguladoras da natureza.
.
Nesse sentido, através de um debate transdisciplinar e sistêmico que busca relacionar as crises energética, financeira, climática e alimentar, para, a partir delas, caracterizar a crise civilizacional pela qual se passa, como parte do processo de esgotamento do capitalismo e, com isso, identificar os fatores causadores em comum, a fim de pensar em novas possibilidades para a vida em sociedade, ocorrerá a 4ª edição do Ciclo de Estudos em EAD: Sociedade Sustentável.
.
Serão realizados cinco módulos, tendo ínicio em 20 de agosto, com o tema “O estado atual da crise civilizacional: onde estamos?” e o fechamento será em 15 de dezembro. Para mais informações sobre o evento, consulte o sítio do IHU.
.
Por Luana Taís Nyland 

Deixe uma resposta