O objetivo está quase completo, mas ainda não. Com a meta de 500 mil assinaturas, em menos de um mês a petição já alcançou o número de 467.692. Emiliano Magalhães, criador da iniciativa “Repudiamos a trágica decisão do Senado! Apelamos ao STF: julgue logo a denúncia contra Renan!”, comemorou a marca e se mostrou otimista com a possibilidade palpável de a petição atingir a meta estabelecida.

Em matéria reproduzida pelo sítio do Instituto Humanitas Unisinos  – IHU, Magalhães se diz impressionado com a repercussão tão rápida e explica: “Eu sou um cidadão comum que criou uma petição, motivado pela indignação e a população brasileira abraçou a causa”.

Outra petição que também está no sítio Avaaz pede o impeachment de Calheiros e já ultrapassou 1,5 milhão de assinaturas, obtendo assim mais que 1% do eleitorado brasileiro. A meta estabelecida é de 1,6 milhão.

Para o diretor da Avaaz, Pedro Abramovay, a rápida repercussão da campanha “Fora Renan” destaca dois fatores: o poder da internet em catalizar mobilizações sociais; e a revolta do brasileiro diante da corrupção.

“A grandiosa adesão ao movimento, iniciado por uma petição criada por um jovem, mostra que as pessoas querem ser ouvidas e querem limpar a corrupção do Congresso. O Brasil mudou, e a opinião pública não vai mais tolerar essa política suja”, avalia.

Se você já assinou, compartilhe a ideia! Se ainda não, clique aqui e aqui e assine!

Deixe uma resposta