O crescimento das metrópoles alinhado ao crescimento das desigualdades por conta da concentração de renda, considerada uma das faces do sistema capitalista é tema trazido à tona, em artigo da pesquisadora Natacha Rena, publicado pelo blog Indisciplinar: “Os problemas trazidos pelo crescimento exponencial das metrópoles e pela concentração de renda nas mãos de poucos são evidências de um sistema capitalista que promove a exclusão econômica e social. Por toda parte surgem problemas que vão desde inefeciência no abastecimento de água, de energia, de infraestrutura mínima de mobilidade, saúde, segurança ou educação”.

Além disso, a professora defende  o “aprendizado colaborativo”, onde  se deve “aprender fazendo com o outro, coletivamente e colaborativamente”. Nisso,  “pressupõem-se o fim da percepção do mundo a partir de disciplinas isoladas, em um espaço no qual há uma militância por uma atuação potente e contínua baseada na multiplicidade, tornando possível criar mecanismos de vivência e resistência coletiva e colaborativa no interior do capital”.

Tais argumentos serão tema das palestras “Processos criativos, colaborativos e participação nas metrópoles“, no dia 20 de agosto, às 19h30min, na Sala Ignacio Ellacuría e Companheiros,  IHU e “As experiências colaborativas e o impacto na conjuntura atual” que ocorrerá no dia 21 de agosto, às 8h30min, no Campus Porto Alegre .

Natacha, em sua pesquisa, aborda o conceito de multidão de Hardt & Negri (2005) afirmando que uma das faces da globalização surge na “criação de novos circuitos de cooperação e colaboração que se alargam pelas nações e os continentes, facultando uma quantidade infinita de encontros”.

No decorrer do texto a professora questiona se há espaço para artistas como ela (arquiteta e urbanista) dominarem o espaço urbano, colaborando nas operações. Hoje , há dispositivos para que os ricos dominem esse espaço.

O evento faz parte do 2º Ciclo de Estudos Metrópoles, Políticas Públicas e Tecnologias de Governo. Territórios, governamento da vida e o comum. Faça sua inscrição e saiba mais aqui.

Por Nahiene Alves e Cristina Guerini

Para ler mais:

Deixe uma resposta