Nesta semana, nos dias 14 a 16 de julho, o Instituto Humanitas Unisinos – IHU promove mais um seminário anual para os colegas que trabalham diretamente nos programas e atividades do instituto.

Neste ano, três temas centram a leitura, a reflexão e os debates deste seminário que se realiza anualmente desde a criação do IHU, em setembro de 2001.

Na terça-feira, dia 14, o tema central do dia será a análise da crise política, econômica e social brasileira.

Para esta discussão foram indicados os seguintes textos a serem lidos previamente e que serão apresentados pelos participantes do evento:

1.    Social-democracia é a única via para a política brasileira. Entrevista especial com Luiz Werneck Vianna

2.    Ricos nutrem ódio ao PT, diz ex-ministro. Entrevista com Luiz Carlos Bresser-Pereira

3.    O curto-circuito imediato e os efeitos de um impasse estrutural na política brasileira. Entrevista especial com Valter Pomar

4.    O capital que neutraliza e a necessidade de uma outra esquerda. Entrevista especial com Giuseppe Cocco

Tendo presente a crise grega, amplamente debatida nas Notícias do Dia publicadas pelo sítio do IHU, será trabalhada a entrevista de Yann Boutang, concedida à IHU On-Line e publicada sob o título “A financeirização e as mutações do capitalismo“.

A recém publicada Carta Encíclica do Papa Francisco Laudato Si’ sobre o cuidado da casa comum, foi distribuída previamente para ser lida por todos e todas particantes do Seminário. A enciclica será apresentada por seis colegas tendo presente o Guia de Leitura elaborado por Thomas Reese.

Tanto a análise das crises grega e brasileira quanto o debate sobre a Laudato Si’ será subsidiado por dois textos que os/as participantes leram com antecedência:

– “Esta economia mata. Precisamos e queremos uma mudança de estruturas”, afirma o Papa Francisco no Encontro de Movimentos Populares em Santa Cruz de la Sierra

– A ecologia econômica como alternativa às desigualdades. Entrevista especial com Gaël Giraud

Mais de vinte  pessoas participarão do Seminário.

Deixe uma resposta