O Concílio Vaticano II, que completa 50 anos, inspirou e continua propiciando muitas pesquisas, seminários, simpósios, cursos, artigos e livros. No entanto, o Seminário Internacional “O Concílio Vaticano II como evento dialógico”, promovido pelo Grupo de Estudos dos Gêneros do Discurso – GEGe, do PPG em Linguística da Universidade Federal de São Carlos – UFSCar, nos dias 3 e 4 de julho, em São Carlos, SP, chama a atenção e suscitou o tema de capa da revista IHU On-Line desta semana.

“Em continuidade aos 50 anos do Vaticano II queremos discutir com você outras perspectivas desse evento que procurou adequar a igreja católica aos desafios da contemporaneidade. Os descompassos da igreja e do mundo ainda estão aí. E os desafios se ampliaram enormemente em ambos os lados”, afirmam os organizadores do evento.

Valdemir Miotello, professor da Universidade Federal de São Carlos e líder do Grupo de Estudos dos Gêneros do Discurso – GEGe/UFSCar, comenta a importância de se observar os os documentos deixados pelo Vaticano II. “Para se compreender a Igreja, sua missão, seu projeto, é preciso que se olhe para seus documentos. Lá está definida com qual sociedade a igreja dialoga; com quais sujeitos ela se relaciona; como ela estabelece as hierarquias, como ela assume as culturas, os mitos, os comportamentos; lá se define como ela pretende dialogar com as liturgias, os sacramentos, os ritos; está definido em seus documentos quem é o povo de Deus e quem não é; quem é cristão e quem não é; quem vive a redenção e quem vive sem ela”, diz.

Na concepção do pesquisador Paulo Fernando Dalla-Déa, os jovens têm muito a dizer hoje à Igreja. E depois do Vaticano II, eles passaram a ter cidadania eclesial: “são membros das comunidades e não dependem de uma tutela explícita, como muitos falam e querem. E foi o Concílio que assumiu a responsabilidade de dar vez e voz para a juventude na Igreja, de forma oficial e permanente”.

Confira também nessa edição a Reportagem da Semana, que traz um relato de dois jovens que resolveram trilhar um caminho muito especial: serem padres da Igreja Católica.

Essas e outras matérias podem ser lidas na revista IHU On-Line, edição 425.

A todas e a todos uma boa leitura e uma excelente semana!

Deixe uma resposta