A partir dessa semana já está disponível a nova página do ObservaSinos – Observatório da realidade e das políticas públicas do Vale do Rio dos Sinos, programa do Instituto Humanitas Unisinos – IHU. O novo ambiente digital tem o propósito de qualificar o trabalho do Observatório em torno da análise e do debate sobre as realidades, em vista da qualificação das políticas públicas e da afirmação de um desenvolvimento pautado pela sociedade sustentável.

 

 

Este propósito de incidência local e regional materializa o compromisso do Instituto Humanitas Unisinos, que é “apontar novas questões e buscar respostas para os grandes desafios de nossa época, a partir da visão do humanismo social cristão, participando, ativa e ousadamente, do debate cultural em que se configura a sociedade do futuro”. A partir disso, o IHU assume o compromisso com cinco grandes áreas: Ética, Trabalho, Sociedade Sustentável, Mulheres: sujeito sociocultural e Teologia Pública.

Dentro desta perspectiva, em 2006 foi colocado o desafio de aproximação com a realidade do mundo do trabalho na Região do Vale do Sinos. Durante dois anos houve debates junto com setores da sociedade civil e dos gestores governamentais para avaliação de indicadores e da política, a partir do Relatório Anual de Informações Sociais – RAIS e do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados – CAGED.

Dessas aproximações surgiu a necessidade de ampliar e qualificar esta contribuição da Universidade, acessando, sistematizando e publicizando os dados das realidades do trabalho, saúde, educação, segurança, proteção, entre outros, para promover maior análise e debates pela população, conhecer a realidade vivida e apontar a realidade desejada.

Destaca-se, com isso, o trabalho do ObservaSinos como tecnologia social promotora da informação e formação para a cidadania, que é local, regional, estadual, nacional e global. A Prof. Paula Schommer apontou que vivemos em um tempo que passou a valorizar a informação: “A informação é uma riqueza que pode fazer diferença na nossa vida, pode fazer diferença nas nossas relações”. Durante o IV Seminário de Observatórios, ela enfatizou a importância dos observatórios como geradores de conhecimento: “Nós estamos aqui porque a gente acredita que, a partir da produção de informação para quem mais precisa, podemos transformar as realidades”.

Abaixo, a Prof. Marilene Maia apresenta o ObservaSinos durante o II Seminário Observatórios.

Nesse sentido, o ObservaSinos se coloca como instância e experiência articuladora entre formação e trabalho profissional. O observatório busca promover trabalho coletivo, a articulação entre a formação acadêmica e cidadã, a investigação e a ação. Para tanto realiza a sistematização de dados, oficinas, publicações, análises, assessorias e outras atividades, como os Seminários de Observatórios.

A nova página do programa busca proporcionar facilidade de acesso ao conteúdo sistematizado pelo ObservaSinos. A página aponta novidades como o Mapa Interativo, que é uma plataforma com acesso direto aos 34 municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre, onde o Vale do Sinos está inserido. No novo modelo as análises estão separadas por categorias, que são os eixos temáticos já citados neste artigo. Há ainda outras novidades que podem ser exploradas aqui.

A equipe do ObservaSinos entende a potência da informação como garantidora de conhecimento e formação. Por isso adotou o compromisso de elaborar uma nova página que fosse ao encontro deste princípio: proporcionar a informação com facilidade para promover o debate.

Por Carolina Lima e Marilene Maia

Para saber mais:

Deixe uma resposta