Entre as diversas manifestações aconteceram no RS em protesto pela morte de Elton Brum da Silva, assassinado pela brigada militar gaúcha por ocasião de despejo em São Gabriel, esta quinta-feira, 27 de agosto, realizou-se uma vigília e ato interreligioso na Praça da Matriz em Porto Alegre. A manifestação contou com a participação de diversos movimentos sociais, de lideranças de partidos e de lideranças religiosas.
Os diversos pronunciamentos foram marcados pela denúncia da cumplicidade do governo do Estado com relação à violência contra os Sem-terra e à assassinato de Elton; pela indignação e protesto frente à morosidade e até descompromisso do Governo no processo de Reforma Agrária; pelo repúdio à criminalização dos movimentos sociais no RS, especialmente do movimento dos Sem-terra, os quais vêm sendo tratados como “caso de polícia”. O movimento dos Sem-terra carregou até a frente do palácio um caixão simbólico para ser entregue à Governadora, denunciando a responsabilidade do Governo pela morte de Elton Brum da Silva.
Os cantos e os símbolos das velas e das cruzes que acompanharam a vigília apontam para
uma esperança e um compromisso: “Elton, sua morte não foi em vão”.Chegada à Praça da Matriz

Deixe uma resposta