O Sistema de Gestão Ambiental – SGA esteve no IHU na tarde de terça para promover um treinamento direcionado aos funcionários do Instituto Humanitas, onde esclarece dúvidas sobre os procedimentos do setor e sobre as Instruções Operacionais (IO) que devem ser feitas pelos alunos, funcionários e visitantes do campus da Unisinos no que diz respeito a descarte de resíduos e ao que deve ser feito em caso de acidentes ambientais dentro do campus.

Em 2002 a universidade deu início a um projeto que buscava a certificação do campus para questões ambientais. Ali foi criado o SGA como hoje é conhecido.

Em dezembro de 2004 a Unisinos recebeu o certificado do ISO 14001, que atesta uma redução no índice de impactos ambientais dentro do campus. A cada três anos há uma renovação dessa certificação. No ano de 2013, haverá mais uma renovação do ISO. Somente o campus de São Leopoldo possui a certificação.

Quanto aos outros polos da Unisinos, em Caxias do Sul, Bento Gonçalves e Rio Grande, o Sistema de Gestão Ambiental faz visitas a esses lugares para checar os padrões dos procedimentos.

As empresas que estão dentro do campus e no complexo Unitec também estão inclusas na certificação ISO.

Os adesivos coloridos colados nas lixeiras que estão espalhadas pelos centros acadêmicos da instituição são para melhor orientar o descarte de lixo. Uma simples leitura nesses adesivos esclarece qualquer dúvida. Após essa coleta, o SGA encaminha os resíduos para grupos de reciclagem. No caso do papel, a Unisinos vende as quantidades descartadas para dois grupos: um da cidade de Canoas e o outro situado na cidade de São Leopoldo.

Os adesivos colados ao lado dos interruptores de luz, da máquina de papel-toalha dos banheiros são parte do trabalho de conscientização da SGA.

Em caso de emergências ambientais com produtos químicos, incêndio ou mesmo explosões, ligue para o número 35908234.

Acesse o blog Energia Positiva, para mais informações sobre o SGA.

Por Wagner Altes

Para ler mais 

Deixe uma resposta