O debate e a reflexão sobre a concepção sociocultural é de extrema importância para que possa haver uma compreensão de onde estamos, do porque estamos e de como se dão os processos sociais inseridos em nossa vida.

Conhecimento é poder. Ele faz com que sejamos melhores protagonistas das oportunidades que temos e faz com que fiquemos mais preparados para a vida. De acordo com o Dr. Marcelo Leandro dos Santos, “Quando se está fora, ou mesmo à margem, de processos de conhecimento técnico, automaticamente se está fora e à margem do poder”.

Quando pensamos em poder, nem sempre é preciso considerar o governo de nações ou a presidência de grandes corporações. Às vezes, as pessoas só querem ter o poder sobre suas próprias vidas e seu sustento. Quanto a isso os projetos de economia solidária são de grande valia, pois auxiliam tanto grupos pequenos como comunidades inteiras a se mobilizar e a gerar renda.

Relatos e análises de estagiários e técnicos do Programa Tecnosocias, programa do IHU, foram reunidos na edição nº 41 dos Cadernos IHU, Olhares multidisciplinares sobre economia solidaria, visando teorizar e contribuir para a discussão da economia solidária, dos projetos já feitos e da prática em si.

Os Cadernos IHU podem ser adquiridos na Livraria Cultural, no campus da Unisinos ou pelo endereço livrariaculturalsle@terra.com.br. Informações pelo fone 55 (51) 3590 4888.

A versão completa da edição no. 41 estará disponível no site do IHU a partir de 21 de janeiro de 2013 para download em formato PDF.

Por Wagner Altes

Deixe uma resposta