O impacto das atividades humanas no meio ambiente é um dos temas que vem sendo debatido por muitos especialistas. O agronegócio, as poluições do ar, da água e do solo e a superpopulação fazem com que o meio ambiente sofra cada vez mais. Os efeitos desses fatores podem ser percebidos nas alterações das temperaturas, na escassez dos recursos naturais, na decomposição do solo e na degradação da camada de ozônio.

Imagem: acervo IHU

Para debater os impactos destas alterações climáticas na região do Vale do Rio dos Sinos, o Prof. MS Jackson Müller e o Prof. Dr. Uwe Schulz participarão da mesa-redonda A questão ambiental no Vale do Rio dos Sinos, que será realizada no dia 25 de abril, na Sala Ignacio Ellacuría e CompanheirosIHU, das 19h30min às 22h.

Mudanças climáticas e a qualidade da água do Rio dos Sinos

Jackson Müller avalia, em entrevista publicada pela IHU On-Line, como os governos vêm dando conta dessas mudanças. Para o professor, “a administração pública não se preparou para enfrentar os desafios do século XXI”. O biólogo esclarece que os obstáculos postos à gestão pública estão diretamente relacionados à realização de obras de saneamento básico e à falta de consciência social, pois “a população joga o lixo nas drenagens, nos bueiros e nos arroios. O resultado é que essa falta de cuidado retorna na forma de enchentes, perda de patrimônio, doenças e destruição”.

O Prof. Dr. Uwe Schulz explicou, também em entrevista concedida à IHU On-Line, sobre a questão da poluição no Rio dos Sinos, informando que “o principal vilão da má qualidade da água é o esgoto municipal, muito mais do que o esgoto industrial”.

Sobre os palestrantes:

Jackson Müller é biólogo e bioquímico com pós-graduação em Biologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS. Foi diretor e secretário do Meio Ambiente da Prefeitura de Estância Velha e da Prefeitura de Novo Hamburgo. Atuou como chefe da Divisão de Planejamento e Diagnóstico e como diretor Técnico da Fundação Estadual de Proteção Ambiental – FEPAM, e assessor de Meio Ambiente da Federação das Associações de Municípios do RS – FAMURS. Atualmente é professor dos cursos de Ciências Biológicas, Gestão Ambiental e Engenharia Ambiental da Unisinos e dos Cursos de Pós-Graduação em Direito Ambiental da Universidade de Caxias do Sul. É doutorando em Ecologia pela Unisinos, com ênfase em serviços ecossistêmicos.

Uwe Horst Schulz é graduado em Biologia pela Universität Bielefeld (Alemanha), onde fez o doutorado na mesma área. Desde 1996 é professor na Universidade do Vale do Rio dos Sinos. É autor do livro Programa permanente de Educação ambiental da Bacia Sinos: Etapa Formação de multiplicadores, Projeto Dourado (São Leopoldo: OIKOS, 2008).

O evento faz parte do Ciclo de atividades. O cuidado de nossa Casa Comum, que segue com suas atividades até dia 3 maio de 2016. Veja a programação completa aqui.

 

Confira a cobertura das atividades já realizadas:

Acompanhe também as coberturas dos eventos, ao vivo pelo Twitter do IHU, por meio da #eventosIHU.

Por Fernanda Forner

Pala ler mais…

Deixe uma resposta