O Instituto Humanitas Unisinos – IHU lança, no próximo dia 9/12, das 17h às 18h, a versão brasileira do livro A recepção do Concílio Vaticano II. I. Acesso à fonte (La Réception du Concile Vatican II: Accéder à la source. Paris: du Cerf, 2009), do professor Christoph Theobald.

O lançamento do livro publicado pela Editora Unisinos, será feito por ocasião dos 50 anos do final do Concílio Vaticano II, no dia 08 de dezembro de 1965.

Christoph Theobald durante Colóquio Vaticano II. Foto: João Vitor Santos

O livro aborda a recepção do Concílio Vaticano II, apresentando visões e pesquisas do autor sobre o assunto. Além disso, é possível perceber que a condução teórica expõe o modo como os documentos conciliares se encaixam com as transformações que ocorrem na igreja hoje. A obra é vista, por especialistas, como técnica e consistente, e que ao mesmo tempo apresenta respostas à sociedade.

Conforme resenha escrita por Gilles Routhier, teólogo e especialista na recepção do Concílio Vaticano II, e publicada neste ano pelo IHU, a obra “impulsiona os estudos sobre o Vaticano II” e Routhier se considera “muito grato pelo trabalho colossal” que Theobald criou.

Segundo Routhier, o trabalho de Theobald se diferencia dos demais por não focar apenas na história do Vaticano II, mas por uma “questão que interessará a uma nova geração: ‘O que podemos esperar do Vaticano II’”, enfatiza.

Especialista nos temas do Concílio Vaticano II, Christoph Theobald é teólogo, jesuíta, professor no Centre Sèvres (Paris) e autor de diversas obras, tais como A revelação (2002) e Transmitir um Evangelho de Liberdade (2007), publicadas no Brasil por Edições Loyola. O professor já esteve no IHU algumas vezes, participando de eventos e contribuindo para os Cadernos Teologia Pública: As narrativas de Deus numa sociedade pós-metafísica: O cristianismo como estilo, nº 58; As grandes intuições de futuro do Concílio Vaticano II: a favor de uma “gramática gerativa” das relações entre Evangelho, sociedade e Igreja, nº 77; e As potencialidades de futuro da Constituição Pastoral Gaudium et Spes: por uma fé que sabe interpretar o que advém – Aspectos epistemológicos e constelações atuais, nº 96.

Neste ano o professor esteve no IHU, durante o II Colóquio Internacional IHU – O Concílio Vaticano II: 50 anos depois, quando apresentou a conferência As potencialidades de futuro da Constituição pastoral Gaudium et spes. Por uma fé que sabe interpretar o que advém – aspectos epistemológicos e constelações atuais e também participou das mesas-redondas do evento. Em 2012 também esteve na Unisinos participando do XIII Simpósio Internacional IHU, Igreja, Cultura e Sociedade: a semântica do Mistério da Igreja no contexto das novas gramáticas da civilização tecnocientífica, ocasião em que ministrou a conferência “As grandes intuições do Concílio Vaticano II: desafios e possibilidades de aproximações às gramáticas atuais”.

A apresentação do primeiro volume desta importante obra teológica, será feita por uma breve resenha feita por Gilles Routhier, em videoconferência.

Na ocasião será servido um simples coquetel.

A atividade é gratuita e aberta ao público.

Ficha Técnica
Título do livro: A recepção do Concílio Vaticano II. I. Acesso à fonte
Título original: La Réception du Concile Vatican II:  I. Accéder à la source
Volume: I
Autor: Christoph Theobald
Ano: 2015
Editora: Unisinos

Por Nahiene Alves

Para ler mais:

Deixe uma resposta