A discussão sobre a redução da maioridade penal apresenta algumas preocupações, e entre elas está a criação de casas prisionais para jovens menores de 16 anos.
.

.
“Os argumentos favoráveis são mais emotivos e populistas. Temos de recordar que essa discussão voltou à tona por causa do assassinato de um jovem em São Paulo, em que o assaltante completaria 18 anos três dias depois”, explicou André Luís Callegari, em entrevista concedida por telefone à IHU On-Line.
.
Segundo Callegari, “essa proposta surge de ondas de populismo penal ou de sentimentos de vingança. Atendendo ao clamor social diante de momentos históricos de aumento de um determinado crime, o legislador pensa que a melhor maneira de solucionar o problema é aumentar a lei penal”.
.
Este tema tem causado polêmica, principalmente nas Redes Sociais. Por isso, resolvemos perguntar em nossa Fanpage a opinião de nossos leitores. Confira alguns comentários:
.
Anderson Francisco: “Sou a favor, mas não acho que muita coisa mude. A onda de violência que assola nosso país é resultado de uma gama de problemas que é camuflada pela ideia simplista de que a ela se resume à ação de delinquentes cada vez mais precoces”.
.
Denise Maria Carneiro da Silva:  “Precisamos de políticas sociais que levem a uma diminuição do envolvimento de adolescentes com a violência. A punição vai lotar as cadeias e não vai resolver os problemas”.
.
Stéphan Munduruku Kaiowá: “Para quê criar novas leis se as já existentes não são cumpridas? A redução da maioridade penal não é só um absurdo”.
.
Maira Ritter: “Sou contra. É criar um novo problema, sem resolver o problema original”.
.
Se você também quer dar a sua opinião, vote direto na enquete ou acesse pela página inicial.
.
Por Luana Taís Nyland 

2 Respostas

  1. Marcia Faria Ceburca disse:

    Sou contra a maioridade penal. Sou a favor de colocar a frente a atitude de cada um seja em que idade for. Alguém em sã consciência acha que bandido vai se intimidar em colocar garotos de 14, 12, 10 e seja que idade for a frente de seus crimes? Se vão fazer façam certo. Não deve existir maioridade penal e sim criminalização a qualquer individuo que tenha praticado um crime.Junto com a pena igual ao maior que estava em conjunto ao seus atos.

  2. Jospin disse:

    Como defender a mudança de uma lei, sem conhece-la, no caso da sociedade, ou sem preocupar com a aplicação da mesma, no caso dos políticos irresponsáveis.

Deixe uma resposta