Dentro do espírito da Campanha 10:10, divulgamos aqui duas novidades que podem nos ajudar a reduzir nosso consumo de carbono em atividades cotidianas.

A WWF (World Wide Fund for Nature) adotou uma medida virtual para impedir que as pessoas sejam seduzidas pelo botão “imprimir” e, assim, salvar árvores que seriam derrubadas para fabricação de papel. Para isso, a entidade criou um tipo de arquivo, cujo conteúdo não pode ser impresso.

O projeto “Save as WWF, Save a Tree” incentiva pessoas e empresas a criarem documentos eletrônicos com o novo formato .WWF, que não pode ser impresso.

O aplicativo que cria e lê arquivos .WWF é baseado no popular formato PDF, da Adobe. Por enquanto, esse programa gratuito só funciona no sistema operacional Mac OS X, da Apple. Uma versão para Windows está prevista para breve.

O criador e leitor de arquivos WWF está disponível para download em www.saveaswwf.com/en.

O formato PDF também possibilita não ser impresso, mas apenas se o autor do arquivo selecionar essa opção no momento da sua criação.

Veja abaixo o vídeo explicativo (em inglês):

[kml_flashembed movie="http://www.youtube.com/v/MzY4SGgEB7g" width="425" height="350" wmode="transparent" /]

Porém, se for extremamente necessário imprimir algum documento, então uma opção é a chamada Ecofont, para os arquivos de texto. Na hora de imprimir, a Ecofont faz pequenos “buracos” em branco nas letras, sem afetar a legibilidade do texto. Com essa pequena medida, reduz-se 25% de tinta ou toner.

O serviço, porém, não é gratuito. Saiba mais no site da empresa.

Deixe uma resposta