Cifras e números podem ser, às vezes, extremamente enganosos – ou pelo menos abstratos demais.

Quando se fala que são necessários US$ 3 bilhões para encher o prato de comida de todos os famintos do mundo, esse montante parece muito ou pouco?

Em comparação, o que são US$ 3 bilhões quando um plano de resgate econômico a bancos e instituições financeiras é mais de 230 vezes maior do que esse valor, chegando a 700 bilhões?

Uma das Notícias do Dia de hoje aborda essa questão a partir do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas (WFP), que propõe um gasto de um euro por dia para saciar a fome de uma criança no mundo.

Esse programa produziu uma instigante propaganda de televisão, apresentada pelo ator Sean Penn, em que faz uma comparação mais explicativa e concreta da diferença entre os trilhões de dólares que já foram gastos com bancos e outras instituições financeiras, nos famosos planos de resgate econômico, e aquilo que poderia ser gasto para saciar a fome no mundo.

“Vamos falar sobre o plano de resgate humano“, desafia o ator.

[kml_flashembed movie="http://www.youtube.com/v/nnwxvDnjyDc" width="425" height="350" wmode="transparent" /]

(por Moisés Sbardelotto)

Deixe uma resposta