Arquivos da categoria ‘Revista IHU On-Line’

Narrar Deus numa sociedade pós-metafísica. Possibilidades e impossibilidades, tema central do X Simpósio Internacional IHU, que se realiza nesta semana na Unisinos, numa promoção do Instituto Humanitas Unisinos – IHU, é o núcleo ao redor do qual se concentram as contribuições de pesquisadores e pesquisadoras, das mais diferentes áreas do conhecimento e de diversas parte do mundo, desta edição da IHU On-Line.

Assim, o cosmo-físico norte-americano William Stoeger, os filósofos Marcelo Fernandes de Aquino, Ernildo Stein, brasileiros, e o italiano Luigi Perissinotto, o ensaísta francês da revista Esprit Jean-Louis Schlegel, os teólogos Christoph Theobald, alemão, autor da obra Le Christianisme comme style. Une manière de faire de la théologie em postmodernité (O Cristianismo como estilo. Uma maneira de fazer teologia na pós-modernidade – tradução livre), Felix Wilfred, indiano, Mary Hunt, norte-americana, os brasileiros Geraldo De Mori, Faustino Teixeira, Luís Carlos Susin e o psicanalista Benilton Bezerra Júnior debatem o tema central do Simpósio.

Completa a edição o artigo Comunicação e transdisciplinaridade: interconexões a partir da telenovela de Andres Kalikoske, pesquisador do Grupo de Pesquisa Comunicação, Economia Política e Sociedade (CEPOS).

Saudamos a todos e todas que, vindos e vindas de várias partes do Brasil e do mundo, para participarem do X Simpósio Internacional, desejando que se sintam bem na nossa terra e no meio da nossa gente.

A edição eletrônica da IHU On-Line estará disponível nesta página, nesta segunda-feira, no final da tarde.

A edição impressa circulará no câmpus da Unisinos, nesta terça-feira, a partir das 8h.

Uma ótima semana e uma excelente leitura!

Um homem de fé e de ciência. Assim é William Stoeger, o cosmólogo e astrofísico norte-americano, sacerdote jesuíta, que chegou nesta quarta-feira a São Leopoldo. Ele desembarca “direto” na Unisinos para proferir duas conferências. A primeira delas está marcada para esta sexta-feira, dia 11 de setembro, com o tema Da evolução cósmica à evolução biológica. Emergência, Relacionalidade e Finalidade, parte integrante do IX Simpósio Internacional IHU: Ecos de Darwin. Sobre o tema, ele concedeu entrevista à edição 306 da revista IHU On-Line, com o título “Sem a evolução cósmica não haveria evolução biológica”.

No X Simpósio Internacional IHU: Narrar Deus numa sociedade pós-metafísica. Possibilidades e impossibilidades, Stoeger falará sobre Deus, algo a ver ainda hoje? A respeito dessa conferência, o cientista concedeu outra entrevista à IHU On-Line, que será publicada na edição 308, que circula no final da tarde de 14 de setembro, segunda-feira da semana que vem.

Na tarde de hoje a redação da IHU On-Line foi recebida pessoalmente por Stoeger, que falou sobre sua trajetória acadêmica, pesquisas atuais em astrofísica e cosmologia, e também a respeito de suas origens, vocação para a ciência e sacerdócio. Entre outros assuntos, ele se diz esperançoso com o futuro da humanidade, embora veja enormes contradições na forma como nos comportamos em relação à ética e ao meio-ambiente. Essa entrevista poderá ser conferida em sua íntegra na edição 309 da IHU On-Line, que roda em 21 de setembro.

Postado por Márcia Junges

Na busca por um espaço no plural universo religioso brasileiro, as novas comunidades católicas têm ganhado destaque no cenário de oferta em que protestantes e neopentecostais também buscam seu lugar no coração dos fiéis. Seria uma renovação da Igreja Católica, na tentativa de se adaptar às novas características da sociedade contemporânea, pós-moderna? Ou será um convite à reafirmação dos valores católicos pregados há vinte séculos pela Igreja? Na tentativa de compreender o crescimento destas novas comunidades, que em sua maioria derivam da já conhecida Renovação Carismática Católica – RCC, a IHU On-Line desta semana entrevistou diversos especialistas no assunto.

Um panorama geral é o que nos oferecem Luiz Roberto Benedetti, filósofo e professor na PUC-Campinas, Brenda Carranza, teóloga e professora na mesma instituição, Cecília Mariz, professora na UERJ, e José Rogério Lopes, professor na Unisinos. Por sua vez, Rodrigo Portella fala sobre o movimento Toca de Assis. Emerson José Sena da Silveira, professor na Faculdade Machado Sobrinho – FMS, e no Instituto Sudeste Mineiro – Faculdade do Sudeste Mineiro – ISMEC / FACSUM, descreve o que seria o catolicismo new age e o Tarô dos Santos. Os Grupos de Oração Universitários (GOUs) são o tema de Carlos Eduardo Procópio e Eduardo Gabriel analisa o envio de missionários brasileiros para o mundo por intermédio da RCC e da Canção Nova.

Nesta edição você também confere uma entrevista com o economista Fernando Ferrari Filho sobre a política cambial e o pré-sal, bem como uma entrevista com Giuseppe Tosi, professor na UFPA, sobre Bartolomé de Las Casas.

A edição eletrônica da IHU On-Line estará disponível, nesta página, no final da tarde de hoje.

A edição impressa circulará no câmpus da Unisinos, amanhã, terça-feira, a partir das 8h.

A todas e todos uma ótima leitura e uma excelente semana!

Passados dois séculos do nascimento de Charles Darwin (1809-1882), e 150 anos do lançamento da primeira edição de sua obra fundamental, A origem das espécies, a IHU On-Line dedica a matéria de capa desta edição a discutir o seu legado, sua influência dentro e fora do campo das ciências. Uma semana antes do IX Simpósio Internacional IHU: Ecos de Darwin, estas entrevistas podem ser lidas em conjunto com a edição no. 300, de 13-07-2009, intitulada Evolução e fé. Ecos de Darwin.

Diversos conferencistas do Simpósio concederam entrevistas e enviaram artigos especiais. O historiador italiano Pietro Corsi, docente na Universidade de Oxford, Inglaterra, assegura que podemos questionar nossa época a partir de Darwin, sobretudo “o pressuposto bastante desarrazoado de que o universo todo foi criado para nós”. Edward Manier, biólogo docente na Universidade de Notre Dame, EUA, enfatiza que Darwin enfraqueceu o antropocentrismo, e que ele “não fez nada para diminuir o status da razão e sentimentos morais”. O cientista jesuíta William Stoeger, da Universidade do Arizona, pondera que não haveria evolução biológica sem a evolução cósmica. Louis Caruana, filósofo, também jesuíta, e professor da Universidade de Londres, analisa a ligação entre a Teoria da Evolução e os fundamentos da moral, além de discutir o mau uso do darwinismo pela eugenia. Aldo Mellender de Araújo, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS, se vale da metáfora “espinho na cauda do pavão” para examinar tópicos da seleção sexual darwiniana. O pensamento biogeográfico em tempos darwinianos é o tema de Gervásio Silva Carvalho, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS. O geólogo Charles Smith, professor na Western Kentuky University, nos EUA, examina as conexões entre Wallace e Darwin, enquanto Heloísa Maria Bertol Domingues escreve sobre o darwinismo no Brasil e na América Latina. A filósofa Anna Carolina Krebs Pereira Regner, especialista em Darwin, também enviou artigo especial à IHU On-Line, e Lilian Al-Chueyr Pereira Martins, docente na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC-SP, e pesquisadora da Universidade Estadual de Campinas – Unicamp, complementa a discussão.

Completam esta edição as entrevistas com o economista David Kupfer, sobre a atual política cambial, com Jair Krischke, ativista de direitos humanos, sobre os 30 anos da Lei da Anistia, e com exegeta belga André Wenin, que analisa, a partir da leitura do Gênesis, o difícil aprendizado de nos tornamos humanos.

Por sua vez¸ Manoelito Carlos Savaris, presidente do Instituto Gaúcho de Tradição e Folclore do Rio Grande do Sul, fala sobe a consecução do direito à cultura e a valorização da identidade regional e Gustavo Oliveira Vieira, professor de Direito da Unisinos, analisa e critica a posição do Brasil em relação às bombas cluster.

A versão eletrônica da revista estará disponível nesta página no final da tarde de hoje.

A versão impressa circulará amanhã, terça-feira, no câmpus da Unisinos, a partir da 8h.

Excepcionalmente, em função do feriado de 7 de setembro, a próxima IHU On-Line circulará em sua versão on-line na tarde da terça-feira, dia 8 de setembro, e na versão impressa na manhã de quarta-feira, 9 de setembro.

A todos e a todas uma ótima semana e uma excelente leitura!

Direito Achado na Rua

Em 23 agosto, 2009 Comentar

O direito moderno é normativamente inadequado e institucionalmente ineficiente, advertia o jurista português Castanheira Neves. Por isso, “esse direito tem de ser encontrado em outro lugar, lá na rua onde vive e sofre o povo daquela inadequação e ineficiência, porque, afinal de contas, é dele a origem e causa de ser, tanto da lei como do Estado”, afirma Jacques Alfonsin, procurador do Estado do Rio Grande do Sul aposentado, em entrevista concedida à IHU On-Line e publicada nesta edição. Trata-se de reconhecer no povo a “comunidade aberta dos intérpretes da Constituição”.

Por sua vez, José Geraldo de Sousa Junior, reitor da Universidade de Brasília – UNB -, um dos teóricos mais respeitados do assim Direito achado na rua, atesta que quando “constituição diz que “o elenco de direitos descrito dela não exclui outros direitos que derivem da natureza do regime ou dos princípios que a constituição adota”, abre uma pauta muito larga, que tanto do ponto de vista teórico quanto do político, nós pensemos o direito como relações legitimadas”. Ou seja, trata-se de “pensar o direito como relação, e não como um banco de enunciados legislativos, é criar as condições para que as lutas por reconhecimento encontrem espaço politizado adequado para que se manifestem”.

Participam também do debate sobre o Direito achado na rua, Roberto Efrem Filho, professor da Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, José Carlos Moreira da Silva Filho e Lenio Streck, professores do PPG em Direito da Unisinos. Para Streck, “não há mais como falar em direito achado na rua, direito alternativo ou pluralismo jurídico. A Constituição é muito mais avançada que qualquer uma destas bandeiras”. Segundo ele, “hoje a luta é concretizar a Constituição e não buscar alternativas a ela”.

Outros importantes temas são tratados nesta edição. José Carlos Braga, economista e professor do Instituto de Economia da Unicamp analisa a atual política cambial e seu impacto no projeto desenvolvimentista brasileiro. Tendo presente o centenário da criação a arquidiocese de Porto Alegre, Artur Cesar Isaia, professor da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC -, reflete sobre duas figuras centrais: João Becker e Vicente Scherer, arcebispos de Porto Alegre.

Uma entrevista com Marcelo Fernando da Costa, professor de História da Alimentação e Cultura Gastronomica Internacional, da Unisinos, descreve a história dos alimentos que caracterizam as religiões monoteístas da humanidade e que serão apresentados e consumidos na próxima edição do evento Religiões no Mundo. Um perfil do filósofo francês Paul Valadier, que esteve recentemente na Unisinos, a convite do IHU, é outro destaque desta edição.

A versão eletrônica da revista IHU On-Line estará disponível nesta segunda-feira, a partir das 17h.

A edição impressa circulará no câmpus da Unisinos, nesta terça-feira, a partir das 8h.

A todas e todos uma ótima leitura e uma excelente semana!