Arquivos da categoria ‘Memória’

Desde ontem, dia 16-11-2009, 20º aniversário do assassinato de Ignacio Ellacuría e companheiros, lançamos no sítio do IHU, um especial denominado Sala Ignacio Ellacuría.

Um memorial compõe igualmente o especial.

No dia 10-12-2009, Dia Internacional dos Direitos Humanos, a já tradicional Sala 1G 119, onde se realizam, habitualmente, os eventos do IHU, será reinaugurada e denominada Sala Ignacio Ellacuría e companheiros. Igualmente, neste dia, será apresentado, com legendas em português, o debate televisivo, a ser realizado no dia 30 de novembro, no Boston College, nos EUA, entre Noam Chomsky e Jon Sobrino.

Na madrugada do dia 16 de novembro de 1989, sangue e água jorraram do lado direito da Universidade Centro-Americana José Simeón Cañas (UCA), em El Salvador.

Ignacio Ellacuría, reitor da UCA; o vice-reitor, Ignacio Martín-Baró; o diretor do Instituto de Direitos Humanos da UCA, Segundo Montes; o diretor da biblioteca de teologia, Juan Ramón Moreno; o professor de teologia Amando López; o fundador da universidade, Joaquín López y López, todos jesuítas; a funcionária Elba Ramos e sua filha Celina foram fuzilados a sangue frio no campus da universidade por paramilitares do Exército salvadorenho.

A intenção era matar aqueles que incomodavam a ditadura, no rastro do assassinato de outro jesuíta, Pe. Rutilio Grande, amigo próximo de Dom Óscar Arnulfo Romero, arcebispo da capital, San Salvador, que também foi fuzilado enquanto celebrava a missa.

Esta é uma pequena homenagem e memória, para que, nas palavras de Jon Sobrino – jesuíta companheiro dos mártires que estava viajando naquele fatídico dia, e por isso não foi assassinado -, aqueles que não os conheceram e para todos os que os conheceram “ajudem a que a Igreja retome o seu rumo”.

Há exatos vinte anos, eram assassinados brutalmente Ignácio Ellacuría e seus companheiros. Mesmo após duas décadas este, que foi um dos episódios mais violentos da sangrenta guerra civil em El Salvador, permanece impune. O vídeo “Ellacuría, crimen sin castigo” nos mostra como andam as investigações sobre a morte do jesuíta. São apresentados também depoimentos de testemunhas do crime e pessoas que sofreram na pele as conseqüências da guerra. Ex-guerrilheiros e integrantes militares supostamente envolvidos no caso de Ellacuría também dão suas versões do fato.


Confira abaixo o trailer do vídeo.

[kml_flashembed movie="http://www.youtube.com/v/kxZe_yDIWpY" width="425" height="350" wmode="transparent" /]

O vídeo, em língua espanhola, tem 45 minutos de duração e contém cenas fortes. Rle está disponível no site da emissora.

Apesar de sua morte, a batalha de Ignácio Ellacuría, pela igualdade e liberdade do povo de El Salvador, ficarão marcados para sempre na memória latino-americana. Confira abaixo o documentário sobre os mártires da Universidade Centro-Americana “José Simeón Cañas”, feito pela própria instituição.  O vídeo é dividido em duas partes, e traz trechos de discursos de Ellacuría e de pessoas como Javier Ibisate e José Maria Tojeira. O documentário está em espanhol e contém cenas fortes.


[kml_flashembed movie="http://www.youtube.com/v/TWm4sKN4-xs" width="425" height="350" wmode="transparent" /]

[kml_flashembed movie="http://www.youtube.com/v/UGqz08vPlWA" width="425" height="350" wmode="transparent" /]

Nesta segunda-feira, dia 9, Ignacio Ellacuría completaria 79 anos. Há vinte, o teólogo e filósofo jesuíta, exemplo na vida eclesial e de luta pela justiça, foi brutalmente assassinado. Mas sua luta pela igualdade e liberdade do povo de El Salvador ficarão marcados para sempre na memória latino-americana. Como filósofo trabalhou principalmente com a questão da filosofia da realidade. Sua teologia foi vista como algo que se faz na relação com a palavra de Deus e a realidade da sociedade. Apaixonado pela Universidade Centro-Americana – UCA, e nomeado reitor em 1979, Ellacuría concebeu a instituição como instrumento para servir à libertação do povo salvadorenho. Infelizmente foram, justamente, as ações incessantes do jesuíta que ocasionaram em uma forte perseguição obrigando-o a deixar El Salvador por diversas vezes, e resultando em seu assassinato em 16 de novembro de 1989 durante seu retorno.

12380351_113213136170

Confira no vídeo abaixo a idéia de filosofia da libertação, a partir dos estudos de Ignácio Ellacuría.

[kml_flashembed movie="http://www.youtube.com/v/S_08GOG3CtA" width="425" height="350" wmode="transparent" /]