Página Inicial » Avaliação Institucional » Sinaes » Modalidades de Avaliação

Avaliação Institucional

Modalidades de Avaliação

1. Avaliação Institucional

A Avaliação Institucional compreende a Autoavaliação Institucional , realizada anualmente pela Comissão Própria de Avaliação de cada instituição [CPA], e a Avaliação Externa , realizada por Comissões de Especialistas, conforme ciclos avaliativos definidos pelo MEC. Integram o processo de Avaliação Institucional, além dos resultados de modalidades avaliativas, informações de percepção sobre a qualidade institucional, dados do Censo da Educação Superior , do Cadastro da Educação Superior , relatórios e conceitos para os cursos de Pós-graduação e documentos de Credenciamento e de Recredenciamento das instituições de educação superior.

A Autoavaliação é uma importante ferramenta de gestão e de apoio às decisões internas. Apresenta como resultado uma leitura abrangente da instituição, compreendendo análises, críticas e sugestões, alicerçadas no conhecimento das atividades realizadas pela Instituição, na identificação de pontos positivos e na compreensão das causas de suas fragilidades. A autoavaliação contribui para a consciência acadêmica do compromisso pedagógico, da necessidade de novas competências, das relações de cooperação com os atores sociais, da efetividade do vínculo com a comunidade, bem como de prestar contas à sociedade.

A Avaliação Externa pressupõe visitas in loco e a interlocução com representantes dos diferentes segmentos da instituição com a finalidade de identificar acertos e equívocos da Autoavaliação e de apresentar outras sugestões de melhoria para a instituição avaliada.

O Censo da Educação Superior é a coleta realizada anualmente pelo Instituto Nacional de Pesquisas Anísio Teixeira [INEP] do Ministério de Educação, nas Instituições de Educação Superior [IES], produzindo dados e informações que subsidiam a formulação, o acompanhamento e a avaliação de políticas públicas. Gerando informação para estudos acadêmicos e para a gestão das instituições, o Censo compreende dados sobre as Instituições, seus Cursos de Graduação e Sequenciais e sobre os alunos e professores a eles vinculados.

2. Avaliação dos cursos de graduação

A Avaliação dos Cursos tem como referência as Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos, os princípios e diretrizes do Sinaes e os padrões de qualidade da educação superior. É realizada em função de processos de reconhecimento ou de sua renovação, em conformidade aos ciclos avaliativos estabelecidos pelo MEC. A Avaliação dos Cursos tem por objetivos assegurar a oferta com qualidade acadêmica e verificar suas contribuições para o desenvolvimento do país, sendo orientada por procedimentos de autoavaliação e pelos pareceres de comissões externas de avaliação dos cursos designadas pelo MEC para esse fim.

3. Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes - ENADE

O Enade tem por objetivo acompanhar o processo de aprendizagem e o desempenho acadêmico dos estudantes em relação aos conteúdos programáticos previstos nas diretrizes curriculares dos cursos, suas habilidades para ajustamento às exigências decorrentes da evolução do conhecimento e suas competências para compreender temas externos relacionados ao âmbito específico da profissão, à realidade brasileira e mundial e à outras áreas do conhecimento. Seus resultados produzem dados por universidade, por categoria de dependência administrativa, por município, estado e região. A partir de seus resultados são constituídos os referenciais e ações voltados para a melhoria da qualidade dos cursos de graduação.

» Saiba mais sobre o ENADE na Unisinos em enade.unisinos.br